|
|
|
|
Blog
ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO NO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS: a teoria aliada à prática
Postado em 11-06-2019
 
Textos de opinião
Encontre aqui todos os Textos de Opinião disponíveis no site.
 
Notícias
Segunda etapa de 2019 tem a maior oferta de cursos e vagas para o período na década
As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) iniciam nesta terça-feira, 4 de junho, com os maiores números de vagas e cursos ofertados e de instituições participantes para o período na década. São 59.028, 1.731 e 76 em todo o país, respectivamente. O prazo segue até as 23h59 de 7 de junho. Os interessados devem acessar o site do Sisu. De acordo com Arnaldo Lima, secretário de educação superior do Ministério da Educação (MEC), as universidades possuem autonomia completa em relação à oferta de vagas. “São eles que planejam a escolha de cursos e quantidade de vagas disponíveis, à luz de uma previsibilidade que a gente sempre tenta deixar no orçamento”, afirmou. “Estamos no pico histórico com a maior quantidade de vagas ofertadas”, ressaltou. Para concorrer às vagas públicas, os candidatos devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018 e obtido nota acima de zero na redação. Em relação ao mesmo período do ano passado, houve crescimento de 11,8% no número de instituições participantes — na edição de 2018 eram 68. Nesta edição, 64 cursos a mais estão disponíveis aos candidatos, o que representa um aumento de 3,8% na comparação com o processo seletivo de 2018, quando havia 1.667. Em todo o país, Administração, Pedagogia e Ciências Biológicas são cursos com mais opções, com 1.996, 1.989 e 1.748 vagas, respectivamente. A quantidade de vagas aos estudantes também subiu, alcançando 3%. No Sisu do segundo semestre de 2018 foram disponibilizadas 57.271 vagas. Os estados com mais vagas são Rio de Janeiro (12.937), Minas Gerais (8.479), Bahia (6.745) e Paraíba (5.990). A instituição com maior oportunidade é a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), que oferece 4.388 vagas. O resultado da chamada regular sai em 10 de junho. As matrículas devem ser realizadas de 12 a 17 de junho. O prazo para manifestar interesse na lista de espera é de 11 a 17 de junho. A convocação ocorre após o dia 19. Nota de corte – Durante o período de inscrição, uma vez por dia, o Sisu calcula a nota de corte, que é a menor nota para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados. As notas de corte para cada curso são baseadas no número de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso, por modalidade de concorrência. O cálculo é usado apenas com uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento de sua inscrição e não garante a seleção para a vaga ofertada. O candidato do Sisu pode solicitar até duas opções de vaga, especificando, em ordem de preferência, as suas opções em instituição de educação superior participante, com local de oferta, curso e turno, e a modalidade de concorrência. Fontes: Assessoria de Comunicação Social - MEC (03.06.2019) e Revista Gestão Universitária. - Leia Mais

Veja outras matérias

 
O que há de interessante?
Prazo para manifestar interesse em lista de espera vai até segunda, 17
O prazo para manifestar interesse na lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) começou nesta terça-feira, 11 de junho, e vai até o dia 17 deste mês. Quem pode manifestar interesse na lista de espera é o candidato não selecionado na chamada regular em nenhuma das suas duas opções de curso. Ele pode pedir para uma das duas. Para fazer parte da lista, o candidato deve acessar o sistema durante o período especificado no cronograma e, em seu boletim, clicar no botão que corresponde à confirmação de interesse em participar da lista de espera do Sisu. O postulante deve se certificar de que sua manifestação foi realizada. Ao finalizar, o sistema emitirá uma mensagem de confirmação. A convocação dos candidatos da lista de espera para a matrícula cabe às próprias instituições de ensino. Será realizada após o dia 19. Sisu - O Sisu para o segundo semestre de 2019 registrou 1.213.679 de inscrições, número 24,3% superior ao de 2018 (976.765). Esta edição também contabiliza alta de 25,9% na quantidade de candidatos inscritos, sendo 640.205 contra 508.486. A diferença dos números de candidatos e de inscrições se dá porque o sistema permite que os estudantes escolham mais de uma opção de curso. O pré-requisito para concorrer ao Sisu é ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018 e obtido nota acima de zero na redação. O resultado está disponível no site do Sisu. Para conferir, é necessário informar o número de inscrição e a senha do Enem 2018. Confira o site do Sisu. Fontes: Giulliano Fernandes, Portal MEC - 11.06.2019 e Revista Gestão Universitária. - Leia Mais

Veja outras matérias